Seu link, é um link?

Jorge Marmion


Como fazer para que o usuário encontre fácil e rapidamente, entre dezenas ou talvez centenas de opções, uma transação, um produto ou uma informação? Este é, talvez, um dos maiores desafios que o projetista de um site de alta complexidade encontra.

Uma alternativa largamente utilizada é a construção de menus, que pela sua conotação hierárquica são naturalmente compreensíveis para a maioria dos usuários. Podemos definir um menu como a apresentação organizada de transações disponíveis, valores aceitáveis ou opções possíveis.

Menus verticais

Neste artigo trataremos de um tipo bastante comum de menu: a apresentação de seções de um site através de menus verticais fixos, que geralmente ocupam o lado esquerdo da tela.

O portal Universo On Line (UOL) apresenta o menu com as opções em ordem alfabética crescente. Esta é uma opção correta, especialmente quando a platéia é heterogênea tanto em habilidades quanto em conhecimento das seções do portal.

O contraste entre a cor da fonte e a cor do fundo é adequado. A leitura é fácil: apesar do tamanho da letra é possível encontrar a seção procurada em poucos segundos. As opções são bastante claras, apesar da maioria ser referenciada por uma palavra (uma façanha) e a probabilidade de erro (que o internauta clique em uma opção e seja conduzido a uma página que não é o que esperava) é muito baixa. A única ressalva é a opção "Tempo Trânsito Mapas", que provavelmente devido a um erro de script apareceram em uma linha só, quando provavelmente deveriam ser três opções diferentes.

Este tipo de menu serve tanto para usuários experientes do portal, como para iniciantes, incentivando a exploração das facilidades e opções disponíveis.

Em resumo, um menu com alto grau de usabilidade.

O site E-Pipoca apresenta as opções em blocos, cujo título identifica as características comuns das opções que contém. Esta característica acelera a leitura para aqueles usuários que procuram um item específico, já que permite evitar a leitura de trechos inteiros do menu.

O contraste é adequado, e a utilização de um tom mais forte para fundo dos títulos das seções é muito adequada.

Entretanto, o site peca pela utilização de letras maiúsculas, que reduzem em 20% a velocidade de leitura.

O menu à esquerda é do site de uma respeitável e tradicional instituição privada de ensino que possui três unidades na Zona Sul da cidade de São Paulo.

O projetista também optou por um menu vertical, à esquerda da tela. Mas a combinação de cores é inadequada: há pouco contraste entre a a cor da fonte e a cor de fundo, o que dificulta a leitura..

As opções são apresentadas sem qualquer classificação aparente. Mesmo usuários que visitam freqüentemente o site provavelmente devam percorrer o menu além do necessário para localizar a opção procurada.

A utilização exclusiva de maiúsculos, além de reduzir a velocidade de leitura, faz com que o espaço reservado para o menu seja insuficiente para algumas opções, que são apresentadas em duas linhas. Neste caso a segunda linha apresenta um deslocamento que quebra a linearidade da leitura, reduzindo ainda mais a velocidade.

O nível de usabilidade deste menu seria consideravelmente maior se se optasse por agrupar as opções segundo algum tipo de critério ("Institucional", "Alunos", "Professores", "Pais", etc.). Uma combinação adequada de cores também é recomendável. Veja, à direita, um exemplo com as mesma opções apresentadas segundo os critérios aconselhados.

Conclusão

Se sua audiência é heterogênea (como a de um portal, por exemplo), um menu vertical com apresentação das opções em ordem ascendente é uma opção adequada.

Se sua audiência é homogênea, pelo menos quanto aos seus interesses (cinema, educação, esportes, etc), é possível optar por um agrupamento de opções segundo critérios específicos.

Em qualquer caso, a escola do tipo de fonte e cores adequadas são fundamentais para garantir uma boa velocidade de leitura..


Gostaríamos de ouvir sua opinião sobre este artigo.

Conteúdo

Utlilidade


Entre em contato com o(a) autor(a) deste artigo

Convide um amigo ou colega para ler este artigo

Imprima este artigo


Topo da página

(c) 2003-2006 IBRAU - Instituto Brasileiro de Amigabilidade e Usabilidade. Todos os direitos reservados.

(c) 2006 IBRAU - Instituto Brasileiro de Amigabilidade e Usabilidade. Todos os direitos reservados.

Fale com o(a) colunista.

Você gostou do artigo Análise da usabilidade de uma aplica o de registro de sorteio?

A seguir os dados são opcionais

Deseja enviar uma mensagem a Jorge Marmion?

Seu nome:

E-mail

A produção do site não comercializará o endereço de e-mail acima, nem enviará correspondência indesejada

Preencha os dados abaixo e enviaremos à pessoa que você indicar um e-mail convidando-a a visitar o site e ler este artigo.

Seus dados:

Seu nome:

E-mail

Os dados da(s) pessoa(s) que você quer convidar:

Seu nome:

E-mail

Caso deseje convidar mais de uma pessoa, digite os endereços de e-mail separados por vírgula, sem espaços em branco
(exemplo: joão@uol.com.br,pedro@aol.com)

Caso deseje, envie uma mensagem junto com o convite

A produção do site não comercializará nenhum dos endereços de e-mail acima informados nem enviará correspondência indesejada aos mesmos.